Sportinguistas, façam como eu

Sporting

Mudem de clube.

Nao faço isto com alegria, claro, mas é mais seguro. Já nao vou para novo e se dantes até tinha alguma graca nao ganhar nada, porque tinha mais charme, hoje já nao aguento isto muito bem. Ser sportinguista é hoje uma coisa violenta. Semana sim, semana sim, semana sim, perdemos.

Neste aspecto, tenho de ficar satisfeito por o campeonato português ter só 16 equipas e de ter paragens longas no Natal e no Verão. Penso que sem esta caridosa atitude do nosso homem na Direcção da Liga de Clubes, a nossa
vida poderia ser quase miserável. Assim, no Verão e no Natal ainda conseguimos manter uma certa dignidade.

Claro que para quem ainda aguentar, sempre se vai havendo conseguindo alguma consolação:

Na derrota contra o Braga, por 1-0… Este resultado ajudou a manter o Braga no topo da classificação, afundando-nos ainda mais na tabela. Mas a nota positiva é o facto de nao termos deixado o Benfica isolar-se no comando.

Depois, foi a vez do Sporting perder com o Porto por 5-2. Uma cabazada à Benfica, para mostrar que nem só na Luz há sede de vitória. Menos mau, porque deve ter desmoralizado o Eterno Rival.

Agora, foi a vez de perdermos com a fraquinha Académica, do inexperiente André Villas-Boas, em Alvalade… Nesta derrota é que ainda nao consegui encontrar nada de positivo.

Penso que, sendo justo, tenho que reconhecer que até temos conseguido bater o pé ao Benfica e nisso nao temos estado mal. Em particular o Rui Patrício, que tem estado a frangar em grande. Vê-se que está a gostar daquilo que faz.

Seja como for, mais próximo do meu coracao está agora o Dínamo de Tirana. Leiam lá estas citações tiradas directamente do fidedigno site da UEFA – todas do mesmo artigo:

“No stopping Dinamo in Albania”

“deadly up front”

“KS Dinamo Tirana are steam-rolling their rivals”

“a goalscoring machine”

“After winning 13 of their 15 games to date”

“unbeaten Dinamo”

“already 14 points clear of second-placed”

“Sefa scored a hat-trick”

“They are absolutely packed with top players”

“effectively unbeatable”

“certainly irresistible going forward”

Muitíssimo satisfatório.

Juntem-se mas é a mim, sportinguistas! Aproveitem esta bela oportunidade de serem campeões nacionais já este ano. Venham torcer pelo Dínamo de Tirana!


[publicado originalmente em Magazon]


FUTEBOL

Leave a Reply