Benfica volta a falhar

 

Benfica volta a falhar

“Ainda é cedo para me demitir”, diz Jorge Jesus.

As coisas não poderiam ter corrido pior ao Glorioso ontem à noite. Em plena Luz, contra uma das equipas mais fracas da Liga Sagres, o Benfica não conseguiu mais do que um 4-0. Os jogadores encarnados estão claramente em má forma física, mas as críticas dos adeptos centram-se nas opções técnicas e tácticas do treinador Jorge Jesus.

O público da Luz não gostou nada do que viu e perguntou-se: “Onde está o Benfica que cilindrou o Setúbal por 8-1? Que ganhou fora ao Belenenses por 4-0? Que deu 5-0 ao Leixões? Onde está a equipa que venceu o Nacional por 6-1 e que ganhou ao Everton por 5-0?

Um Benfica em grave crise foi aquele que se viu ontem à noite e que se tem visto, aliás, ultimamente. Depois de um empate fora com o modesto Sporting de Lisboa, que luta para não descer, e de uma magra vitória frente ao BATE Borisov, da Europa Oriental, agora foi a vez de mais uma desilusão, frente à Académica de Coimbra.

Jorge Jesus, na conferência de imprensa após o jogo, disse que “para já, para já, ainda não estou a pensar demitir-me”, porque “as coisas podem até melhorar”. O Mestre da Táctica pensa que “os jogadores talvez consigam render um bocadinho mais”, mas que “como em tudo nesta vida, é preciso muita paciência”.

Em relação às escolhas para o jogo de ontem, os jornalistas perguntaram ao _ainda_ treinador do clube da Luz se Quim é o guarda-redes de que o Benfica precisa. Jorge Jesus pareceu zangar-se e gritou: “Diga-me lá você que culpa é que eu tenho que o gajo só tenha conseguido defender um remate!?”

O treinador do Benfica continuou na sua espécie de desabafo e foi ainda mais longe, respondendo às críticas dos adeptos: “Isto pode ser uma desgraça, mas o que é que querem que eu faça? Não posso ser eu a marcar os golos!”

Esta declaração parecia claramente destinada a Óscar Cardozo, o “goleador” da equipa que mais uma vez não conseguiu melhor que um hat-trick. “É outra vez aquela história das omeletes. Tenho que pôr os melhores a jogar, mas não tenho culpa se não tenho um ovo melhor que o Cardozo.”

Jorge Jesus pediu paciência aos benfiquistas. Este é, no entanto, um bem escasso para as bandas da Luz, onde os adeptos pedem ao director do futebol, o italiano Rui Costa, que encontre rapidamente uma alternativa ao técnico da Amadora. À saída da conferência de imprensa, onde também esteve presente, o antigo Maestro, num excelente Português, foi elucidativo: “Vamos ver, está bem?”

Entretanto, já se vai falando em André Villas-Boas como provável substituto de Jorge Jesus. Villas-Boas tem tido excelentes resultados à frente da Académica de Coimbra, atingindo o seu expoente máximo no jogo de ontem à noite na Luz.

Seja quem for, o novo treinador vai ter muito trabalho pela frente. A tarefa prioritária talvez seja a de encontrar um verdadeiro marcador de golos para a equipa. É preciso um striker. É que o melhor marcador do Benfica, Cardozo, ainda só marcou 14 golos, menos do que Braga, Porto, Muareit e mesmo Nacional.

E o segundo melhor marcador dos encarnados, Saviola, com 5 golos, tem menos remates certeiros do que a equipa do Vitória de Setúbal, o último classificado da Liga.


[publicado originalmente em Magazon]


FUTEBOL

Trackbacks For This Post

  1. Marco de Camillis no Benfica : Magazon - 5 years ago

    […] embora a negociação tenha sido efectuada por Rui Costa, esta não terá sido feita sem a recomendação ou, no mínimo, a anuência do treinador do clube, […]

Leave a Reply