Sporting 0 - 0 Benfica

Sporting-Benfica

Um bom resultado para os dois.

Foi um bom jogo e qualquer um podia ter ganho ou perdido, se tivesse tido um bocadinho mais de sorte ou um bocadinho mais de azar. O Benfica foi um pouco melhor mas, com tudo o que se tem passado, as duas equipas e, sobretudo, os dois treinadores devem estar satisfeitos.

O treinador do Sporting, Carlos Carvalhal, está de certeza. Ninguém dava nada por ele, mas o Sporting jogou bem, com vontade, com agressividade e parecia que a bola não atrapalhava, como acontecia até há pouco tempo.

Ainda para mais foi contra o Benfica, que tem jogado muito bem e que tem grandes jogadores e que se entendem muito bem. Além de que é uma equipa que está claramente na mó de cima: em todo o lado, só se fala no Benfica, no Jorge Jesus, no Aimar, no Di Maria, no Ramires, no Cardozo… até o Quim já é um grande guarda-redes.

Por isso, o treinador Carvalhal ter conseguido que o seu Sporting jogasse bem contra este Benfica, terá certamente deixado o senhor muito contente. É preciso ver que ninguém esperava que o Sporting conseguisse ganhar e que todos os sportinguistas tinham medo que perdesse. Se o Carvalhal já tinha preparado discursos para depois do jogo, devia ter um para cada possível derrota, mais ou menos pesada. Por isso, um empate deve ter sabido muito bem.

Já para o Jorge Jesus, muito embora ele não admita, de certeza que estava com medo do desconhecido que era o Sporting do Carvalhal. Não só porque às vezes as chicotadas psicológicas dão resultado imediato mas, sobretudo, porque o Jesus não fazia ideia de como o Sporting ia jogar, com que jogadores, com que sistema, se lento, se rápido… porque ninguém sabe como jogam as equipas do Carvalhal.

E se o Sporting conseguisse ganhar, isso poderia ser muito mau para a reputação deste Benfica, porque ficaria com duas derrotas consecutivas contra equipas com claramente menos talento que a equipa de Jesus. Poderia bem ser o fim deste novo princípio no Benfica.

Por isso o empate tem de saber bem aos dois. Aos dois serve de alavanca para a semana que vem. Ao Sporting porque se recompôs frente a uma grande equipa. Ao Benfica porque conseguiu empatar fora contra o grande rival, que fica cada vez mais afastado do título.

O Sporting continua com 11 de atraso, mas eu, como qualquer sportinguista, já ficaria contente se lá para Maio a diferença não fosse maior.


FUTEBOL

Leave a Reply