O Novo Treinador do Sporting

Quem deve ser o próximo treinador do Sporting?

Em primeiro lugar, o André Villas-Boas é uma panasquice. Um gajo de que a gente só ouviu falar há 15 dias quando se tornou treinador da Académica, que nunca foi jogador (pelo menos que se saiba) e que só treinou um clube (a mesma Académica) e apenas em 2 jogos (em que conseguiu uma derrota e um empate) não é propriamente um veterano destas coisas, nem o gajo que a gente precisa…

Não percebo. Só porque foi adjunto do Mourinho?… Para já, na Wikipedia, na página do Mourinho, porque o André Villas-Boas nem tem nada de seu lá, diz que ele era chief scout. Olheiro… ora um olheiro viaja à procura de talentos. Não está no treino, a aprender com o Mourinho.

Mas mesmo que tivesse sido adjunto. Quantos não foram os adjuntos do Mourinho, do Scolari, do Ferguson, do Artur Jorge e mais sei lá de quantos gajos bons, que nunca deram bons treinadores? Eu assim de repente, aliás, não me lembro de nenhum que tenha dado, a não ser o Carlos Queirós que foi adjunto do Ferguson, mas que já era um grande treinador quando foi para o Manchester.

Sim, há o factor Bobby Robson, dizem-me. O Mourinho foi adjunto do Bobby Robson e pode ter sido esse o factor-chave. Portanto, o Villas-Boas pode ser bom por ter sido adjunto-do-que-foi-adjunto do Bobby Robson. É um bocado esticar a corda. Claro que pode resultar, isto nunca se sabe. Por exemplo, o Inácio foi Campeão Nacional com o Sporting (ah ganda Inácio!). Pronto, aconteceu. O Pequeno Saúl também teve um hit-single.

O Domingos… Sim, o Domingos poderia ser. O Braga está muito bom e o ano passado na Académica, com aquela equipa, safou-se da descida. Mas não sei. Tem um ar fraquinho, franzino. Se um gajo tipo Vukcevic se chateia com ele, não sei se ele aguenta. Ou um grandalhão, tipo Caicedo! Mas o Caicedo tem ar de boa onda, tudu numa naaaaici, né?

Mas o Domingos deve ser bom, sim, se não não tinha os resultados consistentes que tem. Só que também não sei se ele quer sair do Braga para vir para o Sporting que está todo estraçalhado. É um risco grande. Quem vier, pode-se queimar. Por outro lado, é difícil não fazer melhor que o oitavo lugar, que é o honroso lugar que ocupamos. Hmmm… Talvez o Domingos esteja à espera de ir para o Porto para o ano que vem. É tipo coelhinho, pequenino, com muita energia. Agora está aqui, agora está ali. Com esta lembrei-me daquela anedota do coelhinho e dos abutres.

E depois o Domingos é mesmo um gajo do Porto e a gente precisa é de alguém para trazer esperança aos adeptos, com espírito de clube. Eu e um amigo achamos que o melhor é o Paulo Sousa.

“Quem é o treinador ideal para o Sporting?”. “É o Paulo Sousa”. Um grande jogador, um grande nome da bola, jogou no Sporting, Benfica, Juventus, Borussia Dortmund, Inter de Milão, não jogou no Porto, ganhou duas Ligas dos Campeões, foi Campeão Mundial de Juniores, membro da Geração de Ouro, 50 jogos por Portugal, conhece o Sporting, conhece o futebol português, foi adjunto na Selecção Nacional (lá está), é treinador em Inglaterra numa equipa pequena, tipo Associação Desportiva do Carregado, mas que ao contrário desta está a fazer um grande campeonato na segunda divisão… e sei lá mais o quê.

Além de que não custa mais do que o Paulo Bento e isso agora pesa.

E com o Paulo Sousa não ia haver cá graçolas a propósito do cabelo curtinho, da risca ao meio, da tranquilidade ou dos olhos revirados.

Não. Com o Paulo Sousa havia de haver milhões de cidadãs de Portugal e mesmo doutros países, a querer ir ao estádio. Cá está, isto é outro factor-chave, o do reequilíbrio das contas decorrente dum aumento da receita, que é do que a gente precisa porque do lado dos custos já não dá para cortar mais. Isto seria aliás uma vantagem competitiva ui ui que o Porto e o Benfica nunca mais conseguiriam desfazer. Até talvez tivéssemos de aumentar o estádio. O Ma-ra-ca-nã de Alvalade… E depois as televisões?… Quantos canais, quantos países, quantas pessoas, não iam querer ter o Paulo Sousa do Sporting ao serão?

O merchandising… Portanto, Paulo Sousa.

Além de que o Paulo Sousa fez das boas ao Pinto da Costa e isso vale bastante. O Pinto da Costa tinha dito ao Paulo Sousa que quando ele voltasse para Portugal ia jogar no Porto. O nosso Paulo, 30 aninhos na altura, claro, ia dizer o quê? Tá bem, eu jogo. Pronto, ok, qualquer um dizia. Mesmo um mais corpulento ia dizer que sim. Olha o Hulk, não está no Porto? E veio de longe, do Japão.

Bom, mas o que é o que o Paulinho inteligentemente fez quando viu que tinha chegado a hora de ser sugado para o Porto?

Reformou-se.


[publicado originalmente em Magazon]


FUTEBOL

Leave a Reply